A Abecs – Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços, recentemente lançou uma nova modalidade de crédito aos consumidores. Trata-se do crediário no cartão de crédito, que disponibiliza uma linha de crédito aos consumidores com parcelas de até 36 vezes. Várias instituições financeiras já aderiram a novidade. Contudo, ainda faltam detalhes na maior parte delas, como a taxa de juros e condições de parcelamento.

Será que vale a pena fazer o crediário no cartão de crédito?

Isso foi impulsionado graças a uma forte tendência do brasileiro fazer muito crediário por aqui. Cabe ressaltar que o crediário não existe em outros países. A clara intenção dos bancos é concorrer com o bom e velho crediário sem juros, e aproveitar para colocar taxas de juros e estendendo o prazo para o pagamento.

Será que vale a pena?

Para os comerciantes, a ideia é fantástica, pois o risco deixa de ser deles e passa para as instituições financeiras. Ou seja, enquanto o lojista recebe o valor em até cinco dias, os clientes podem parcelar em até 36 vezes. A Abecs espera que os consumidores possam negociar com os varejistas, pois eles vão receber o valor integral MUITO antes de um crediário convencional.

Entretanto, para os consumidores, isso pode ser muito ruim. Ou seja, a nova linha de crédito pode causar maior endividamento aos consumidores. Além disso, a taxa de juros será calculada pelos bancos e de acordo com o perfil de crédito dos consumidores e o relacionamento com o banco, obviamente.

Portanto, é necessário redobrar a atenção principalmente no número de parcelas. Isso porque quando maior o número de vezes que você parcelar uma compra, será juros sobre juros compostos, e você acabará pagando muito mais que qualquer eventual desconto que consiga negociar com o vendedor.

Bancos que aderiram ao crediário no cartão de crédito

  • Os Bancos Itaú e Bradesco já disponibilizaram a nova linha de crédito, e os prazos podem ser de 2 a 24 meses. As taxas de juros do Bradesco podem variar de 0,99% a 3,99% dependendo do perfil do cliente.
  • O Banco Santander lança na próxima segunda-feira (1º) o crediário no cartão de crédito. As taxas de juros devem ser a partir de 1,99% ao mês, com a possibilidade de parcelamento em até 36 meses.
  • Por fim, o Banco do Brasil vai lançar a nova modalidade de crédito no dia 4 de abril, e disponibilizará um prazo de até 24 meses para o parcelamento. As taxas de juros não foram divulgadas.

Procon-SP notifica a Abecs

A Fundação Procon-SP notificou a Abecs, solicitando maiores explicações sobre o crediário no cartão de crédito. Dentre os esclarecimentos que o Procon exige, quer saber as diferenças entre o sistema já existente e como será definida a taxa de juros desta nova modalidade de crédito. Segundo o Procon, o pedido objetiva resguardar os direitos dos consumidores e que não sejam prejudicados. A Associação tem 48 horas para apresentar uma resposta.